09
11
17
Por

Naomi Scott, que está na edição da THR Next Gen 2017, diz que o live-action da Disney, Aladdin, é um mundo totalmente novo para Jasmine.

“Tem tantas coisas novas incríveis sobre a personagem nessa adaptação — Eu poderia literalmente falar disso por uma hora!” Scott conta animada ao The Hollywood Reporter de Londres, onde o filme está em produção. “Todo mundo que está envolvido nesse projeto não está com medo de jogar as coisas fora e começar tudo de novo, especialmente a personagem Princesa Jasmine, porque é tão importante que precisamos fazer isso direito.”

Scott — que esteve no reboot de Power Rangers no começo desse ano — se abriu sobre interpretar a elegível princesa no live-action de Guy Ritchie, oposto de Mena Massoud, como rato de rua titular. Will Smith também se junta ao elenco como o Gênio, originalmente interpretado por Robin Williams. Marwan Kenzari, Nasim Pedrad e Billy Magnussen também foram escalados.

Primeiro, a audiência de estreia em Maio de 2019 pode esperar por conhecer a Jasmine, que é uma personagem bem equilibrada. “Eu amo o que a Disney está fazendo agora com as suas princesas — indo da animação para o live-action e fazendo os personagens animados, seres humanos,” diz Scott, uma atriz e cantora britânica que tem a mãe que nasceu na India. “Sendo uma personagem feminina e também sendo uma pessoa real, e adivinhe só? [Ela] pode ser forte e se divertir, mas também pode fazer errado e ser sentimental. Ela é uma mulher multidimensional, e ela não precisa ser apenas uma coisa. Então nesse filme, você vai ver ela indo em uma montanha russa e também ela se apaixonando e se casando.”

Além disso, Scott nota um novo personagem — uma serva chamada Dalia, interpretada por Pedrad — revelará um outro lado de Jasmine, que tem um único “amigo” na versão animada, que é o seu tigre de estimação chamado Rajah.

“Eu nunca tinha percebido isso, mas na animação, Jasmine é realmente a única personagem feminina — não é estranho?” ela explica. “A personagem Dalia é tão importante para esse filme porque ela é outra única personagem feminina. Ela pode ser uma serva mas elas são melhores amigas; elas são bem próximas pois elas cresceram juntas. Então nós queremos que as pessoas assistam esse filme e vejam a relação da Jasmine com outra mulher, e ser como, ‘Ah, é como eu sou com a minha amiga’, ou ‘Nós faríamos isso se estivéssemos nesse lugar.’ É algo que está faltando na animação.”

Sobre filmar com a integrante do Saturday Night Live, Pedrad, Scott ri, “Nós estamos tão obcecadas uma pela outra, eu amo ela. Ela é hilária e incrível, e assim quando começamos a gravar, nós estávamos tipo, ‘Ai meu Deus, qual a razão de não nós conhecermos por muitos anos?!”

Finalmente, Scott provoca o público que vai conhecer a Jasmine como a líder de Agrabah. “Você realmente entende que nessa adaptação, o coração dela é o coração para o povo dela, e o objetivo principal dela é o melhor para o reino,” ela diz. “E você realmente tem o sentimento de que esse poder de liderança combina com ela.”

Aladdin está previsto para a estreia no dia 24 de Maio de 2019.

O tigre de estimação da Jasmine, Rajah, foi confirmado no live-action no dia 8 de novembro pela Disney.


Fonte: The Hollywood Reporter
Tradução: Equipe Naomi Scott Brasil