26
05
19
Por

Chame Naomi Scott a rainha do reboot – ou pelo menos, a princesa. A atriz de 26 anos de idade está assumindo o papel da Princesa Jasmine no remake em live action de “Aladdin”, da Disney, mas não é a primeira vez que ela participa de um papel que já está bem estabelecido. O público pode reconhecer Scott em “Power Rangers” de 2017, na qual ela interpretou Kimberly, a Pink Ranger. Em seguida, os fãs vão vê-la como Elena em “Charlie’s Angels”. Mas, por enquanto, Scott se concentra apenas em “Aladdin”.

“Estamos todos tão prontos para este filme sair; Já faz dois anos ”, Scott disse à Variety no tapete roxo na estréia do filme. “Havia tanta alegria e amor e ideias que foi para este filme e espero que se traduza na tela.”

Desempenhar um papel como a Princesa Jasmine já é uma tarefa muito grande, mas a atriz teve outro desafio com a nova música de Jasmine, “Speechless”. O lendário Alan Menken, que compôs a música tanto para o filme original quanto para o remake, escreveu o novo hit com os premiados músicos de “Dear Evan Hansen” e “La La Land” Benj Pasek e Justin Paul.

Outra diferença da versão de 1992 é que Jasmine não é a única mulher nessa história, com Nasim Pedrad, de Saturday Night Live, interpretando uma nova personagem de apoio chamada Dalia, a serva da princesa. Depois que as atrizes colidiram ao fazer entrevistas no tapete, Scott se entusiasmou com sua nova parceira no crime.

“[Nasim] trouxe muito mais para a personagem do que alguém poderia imaginar. E Jasmine precisava de uma energia feminina e alguém com quem ela claramente estava perto e tinha esse tipo de relacionamento ”, ela disse. “Queríamos que isso fosse traduzido na tela – o fato de que realmente nos amamos.”

O próximo papel de Scott também é alimentado pela poderosa energia feminina quando ela se junta a Elizabeth Banks, Kristen Stewart e Ella Balinska como as novas “Panteras”.

“A incrível Elizabeth Banks literalmente é a pessoa perfeita para dirigir esse filme. Ela é uma das pessoas mais inteligentes que já conheci em toda a minha vida “, disse Scott sobre o projeto, que chega aos cinemas em novembro.

De ter a oportunidade de interpretar essas duas mulheres poderosas, ela compartilhou: “Eu me sinto muito abençoada”.

Fonte: Variety
Tradução & Adaptação: Equipe Naomi Scott Brasil