16
10
19
Por

Naomi Scott tem tido muitos motivos para estar animada com 2019. Teve seu papel de destaque mundial como Princesa Jasmine no remake de Aladdin da Disney; sua primeira vez como capa da Vogue na edição de abril; e, para um fim de ano espetacular, sua carreira é também composta pelo reboot de As Panteras de Elizabeth Banks ao lado de Kristen Stewart e Ella Balinska (14 de novembro nos cinemas).

Numa chuvosa manhã no Hotel Soho em Londres, entretanto, é a primeira experiência atrás das câmeras a razão do entusiasmo infinito da mulher de 26 anos: um vídeo clipe para “Forget You” pelo musicista Nick Brewer, que ela co-dirigiu com seu marido, o jogador de futebol Jordan Spence. “Nosso lema é dizer, ‘Eu não sei!’ quando estamos perdidos,” ela diz com uma gargalhada quando eu perguntei como ela se portou estando na cadeira da direção pela primeira vez. “Imagine chegar para fazer um filme dizendo isso… Nós nunca fingimos ser experts nisso. Eu fiz muitas perguntas.”

É o tipo de modéstia triunfante pela qual Scott é conhecida na indústria, mas o resultado do vídeo de 11 minutos não parece de jeito algum com o trabalho de amadores – apesar do fato de ter sido feito inteiramente com amigos e “pessoas pelas quais nos apaixonamos por eras”, de acordo com o Spence de 29 anos. Brewer conhece o casal há anos, enquanto que o estilista mundialmente renomado de Scott, Zadrian Smith, atuou como o diretor de moda para o projeto – entrelaçando diversas nominações à história da arte graças a um fundo na pintura renascentista do século 16.

De fato, inúmeras são as surpreendentes referências pontilhadas pelo vídeo – cada qual com uma clara intenção. Sentados um ao lado do outro no sofá estofado demais, a dupla de marido e mulher estão quase que comicamente em sincronia enquanto me contavam sobre – completando as frases um do outro entre goles de chá de camomila. Peças-chave para procurar? Um subplot inspirado em Homens de Preto; um foco em laranjas que são destacadas no filme tcheca de 1966, As Pequenas Margaridas; e uma temática do Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças.

Existe alguma barreira entre a relação pessoal e criativa dos dois? Em uma palavra: não. “Estamos constantemente conversando sobre as ideias um do outro: para roteiros, para visuais, para música…” Scott diz sobre o poder da dinâmica do casal. “Colaborar um com o outro dessa maneira faz parte do nosso cotidiano.” Spence entra, “Aliás, para nós, esse tipo de trabalho criativo realmente é pessoal – e isso é o que é tão incrível no fim das contas.”

Assista ao vídeo:


Fonte: Vogue UK
Tradução & Adaptação: Equipe Naomi Scott Brasil