29
05
19
Por

De Off-White na noite da primeira premiere a Burberry e Valentino para as paradas europeias, o guarda-roupa de Naomi Scott para a press tour de Aladdin tem sido um passeio de tapete mágico alimentado por grandes marcas. Com Dior, Armani Privé e Emilio Pucci usados no México e na Jordânia, o maior estava marcado para a estréia mundial em Los Angeles em 21 de maio. O que a princesa Jasmine usaria na noite anterior da estreia do clássico da Disney em todo o mundo e fez Scott se tornar um nome familiar?

Uma foto da jovem atriz indiana-britânica de Gujarati sentada em uma caixa gigantesca, apoiada por seu estilista, Zadrian Smith, significava que o vestido seria: a) enorme e b) showstopper (viu o sorriso iluminando o rosto de Smith?) Dentro do contêiner de papelão havia um vestido rosa Brandon Maxwell que a dupla sonhava desde fevereiro.

“Depois de analisar todos os desfiles recentes de ready-to-wear e alta costura, ficou óbvio que Brandon foi o estilista que poderia nos dar um vestido que sintetizasse a princesa moderna, mantendo a Disney feliz e Naomi se sentindo confiante”, Smith diz à Vogue. “Brandon tem a precisão e o olhar de um estilista [ele era o principal colaborador de moda de Lady Gaga antes de se expandir para desenvolver sua marca epônima]. Ele pensa em como um vestido vai ficar nas fotos e como uma mulher pode posar quando ele desenha.”

A confecção de sacarina foi projetada para imitar a antiga Hollywood, mas com um “pouco de glamour e um elemento artístico para galvanizá-la”. A tradicional silhueta de baile foi complementada por um bolero de um tecido do Maxwell, que teve a ideia de cobrir a pele de Scott – um tema que Smith e Scott tiveram que explorar de perto devido às nações árabes que viajaram durante a turnê.

“Eu me aproximei do guarda-roupa da Naomi como um ensaio de revista com Aladdin como tema”, diz Smith, que começou sua carreira ajudando a Fran Burns na Vogue. “Eu olhei para a história dos contos de fadas árabes, da realeza do Oriente Médio e do mapa cultural que os liga a Aladdin.” Três dos seis looks do tapete vermelho foram feitos sob encomenda para alcançar a missão de Smith de levar essa herança e torná-la relevante para hoje. Os looks da passarela, no entanto, foram não menos “exaustivamente pensada”.

O vestido Off-White era particularmente “desafiador” porque a fiação na saia tornava a viagem tão difícil para Paris, que a equipe de Smith precisou refazê-lo com estruturas internas maleáveis. “Valeu 100%, porque deu uma reviravolta moderna para vestir uma princesa”, diz ele. O vestido Valentino para a estreia em Berlim foi decidido imediatamente após o desfile de outono/inverno de 2019, já que era o visual favorito de Scott e Smith. Scott, no entanto, insistiu em experimentar todas as outras opções do Valentino antes de voltar ao original.

O compromisso de Scott com a turnê mundial é emblemático de sua ética de trabalho. Ao escolher a estrela em ascensão para cobrir a edição de abril da Vogue, Edward Enninful disse: “Estou animado para ver como ela vai energizar toda uma geração de garotas e jovens britânicas, que vão olhar para sua história, sua religião [ela é uma cristã comprometida e casada aos 21 anos], seu estilo e ética de trabalho, e ver um tipo diferente de ingênua do tipo que Hollywood costumava se apaixonar”.

A sinopse de Smith sobre a relação de trabalho dos dois não é menos sedutora. “Ela é a cliente do sonho”, diz ele. “Quando comecei a trabalhar com Naomi, ela não sabia o que era um corte de viés de um enfeite. Agora, ela quer saber de todos os detalhes para fazer a moda funcionar para ela sem mudar quem ela é.”

O lançamento de As Panteras, no qual ela estrela ao lado de Ella Balinska e Kristen Stewart, está chegando e, sem dúvida, Smith e Scott vão embarcar no mesmo processo meticuloso de meses para o planejamento dos looks. “Trazemos o nosso A-game em todos os tapetes vermelhos, porque é uma oportunidade única na vida”, continua ele.


Fonte: VOGUE UK
Tradução & Adaptação: Equipe Naomi Scott Brasil


06
04
18
Por

Naomi Scott é uma figura em ascensão no mundo da música e do cinema, com 2 EPs já lançados e 2 grandes filmes de Hollywood sendo lançados em breve. Hoje ela lança outro novo single chamado ‘Irrelevant‘, que mostra que seu foco é forte mesmo em meio a todas essas demandas, como ela artisticamente e condenadamente coloca seu ex em seu lugar neste pop elegante.

Com uma produção eletrônica profunda e habilidosa, ‘Irrelevant’ é uma arena perfeita para Scott usar sua voz rica e melosa para flutuar friamente e transmitir uma frase simples, mas condenatória: “you’re irrelevant boy” (você é um menino irrelevante). Com seus vocais arrulhando ao fundo, e camadas adicionais de sintetizador se envolvendo em torno de nossa figura central, seu apelo e força são amplificados, tornando a mensagem ainda mais impactante. Embora o dano já seja feito pela voz imperiosa de Scott, Nick Brewer entra no final para dobrar tudo isso. “Irrelevant” é uma canção que mostra uma estrela em ascensão com força total, completamente segura de si e irradiando confiança. Se ela não estava na sua lista de espera antes, ela precisa estar agora.


Fonte: The 405
Tradução & Adaptação: Equipe Naomi Scott Brasil


07
03
18
Por

Naomi Scott não sabia o que esperar da sua primeira viagem à Paris Fashion Week, mas tinha certeza de que seria uma experiência. “Eu sabia que seria bom, pois esta é a capital da moda”, compartilhou Scott. Dirigir-se para ver coleções como Loewe, Valentino, Stella McCartney e Altuzarra podem ser novidades para Scott, mas ela não é uma novata da moda. A atriz e cantora teve um ano e tanto, sendo escalada como a Princesa Jasmine na próxima adaptação live-action Aladdin da Disney, lançando um novo EP e gravando seu terceiro álbum ainda sem título. Já uma fã de peças distintas e casuais, Scott usou sua viagem para aproveitar o último trabalho dos designers que admira há anos. “Conhecer alguns dos meus designers favoritos e ver as coleções de forma íntima e pessoal – foi uma experiência tão envolvente e divertida”, disse ela.

Embora ela descreva seu estilo pessoal como casual, preferindo tênis e formas de tamanho grande em seus dias fora de serviço, Scott estava ansiosa para experimentar a Semana de Moda. Ela experimentou Valentino ornamentado coberto com chinêsiserie e um casaco de impressão de leopardo Stella McCartney, carregando a vibe dramática da pista no seu guarda-roupa pessoal. “Eu realmente amei o dragão Valentino nas minhas costas”, disse ela, referindo-se ao acabamento projetado por Pierpaolo Piccioli que ela usava no show. “As passarelas foram carregadas com tantas peças legais que eu me sinto realmente animada porque são coisas que eu usaria em tapetes vermelhos, performances e eventos de imprensa”.

Com uma lista completa de projetos em sua agenda, não há dúvida de que Scott estará aparecendo com algo das coleções durante sua próxima turnê de imprensa. Depois de uma semana cheia de diversão, ela terminou as coisas com uma nota alta e uma nota para si mesma para sua próxima aventura da moda. “Eu acho que eu talvez tenha perdido o mais divertido em Paris, a after party da Stella McCartney”, disse Scott, que teve que voltar para Los Angeles para uma performance. “Stella é tão badass, então definitivamente vou aparecer na próxima.”

Fonte: Vogue
Tradução & Adaptação: Equipe Naomi Scott Brasil


13
12
17
Por

Para Naomi Scott, sua primeira viagem ao British Fashion Awards foi como voltar para casa. A atriz britânica foi convidada na cerimônia desse ano da Swarovski, que foi no icônico Royal Albert Hall em Londres, e deu a oportunidade a ela de viver isso com um sabor refrescante. Primeiro? Uma passada na Miu Miu, onde a atriz achou um feminino e moderno vestido para a grande noite. Mas Scott não dispensou os pequenos detalhes ainda. Desde as joias, ao cabelo que orna perfeitamente com a bolsa, Scott compartilha um pouco das suas fotos pessoais da noite britânica mais importante.

Confira em nossa galeria:


Fonte: VOGUE
Tradução & Adaptação: Equipe Naomi Scott Brasil