03
04
21
Por

Naomi Scott concedeu uma entrevista para o quadro Ladies Night do site Collider como forma de divulgação do podcast Soft Voice. A entrevista foi dividida em uma série de vídeos onde Naomi conta sua jornada no entretenimento até agora.

Como Naomi Scott foi descoberta por Kéllé Bryan, que previu seu sucesso na Disney

Acontece que Kéllé Bryan, que você pode reconhecer do grupo de R&B Eternal, acabou sendo uma figura extremamente influente para Scott no início de sua carreira. Na verdade, pode-se dar crédito a Bryan por descobrir o talento de Scott! Depois de mencionar Bryan, Scott imediatamente enfatizou: “Eu não conseguia pensar em uma mentora melhor para aquela idade e onde eu estava.” Ela também acrescentou: “Kéllé é incrível e uma grande amiga minha”. Então, como exatamente começou esse relacionamento duradouro?

“Então, basicamente, meu Deus, eu tinha 14 anos e estava cantando neste evento da igreja. Eu sou filha de pastor. E foi apenas um evento aleatório e meu pai disse, ‘Oh, você pode cantar alguma coisa?’ Eu fiquei tipo, ‘Pai, eu não estou com meu backing track!’ Então minha mãe teve que ir para casa e pegar meu backing track para a música ‘If I Ain’t Got You’ da Alicia Keys, com um teclado midi realmente ruim! E então eu cantei ‘If I Ain’t Got You’ e Kéllé estava lá porque ela estava dando algum tipo de palestra sobre sua história de vida e fé, etc. E ela me ouviu cantando – eu não acho que ela estava na sala, mas ela me ouviu cantando e [no] final da noite ela meio que disse, ‘Oi,’ e se apresentou.”

Bryan explicou que era dona de sua própria agência e, embora Scott fosse muito jovem na época, poderia ser um caminho que valeria a pena seguir. Scott relembrou: “Ela realmente disse – não estou brincando – ela disse, ‘Oh, eu sei que você pode atuar’. Ela apenas disse, ‘Eu sei que você pode atuar’, o que é simplesmente hilário.” O talento de Bryan para detectar talentos não para por aí. Ela também conseguiu prever um setor da indústria que abraçaria Scott – naquela época e agora também.

“Eu e meus pais nos encontramos com ela e acho que meus pais tinham um equilíbrio muito bom em termos de proteção, em termos de, ‘Ok, não somos muito versados neste mundo. Nós sabemos que há todo tipo de coisa acontecendo, especialmente para uma jovem.’ Como também, ‘Nós sabemos que isso é o que você quer fazer. Queremos apoiar você e o que você deseja fazer.’ E então uma das primeiras coisas que [Kéllé] me disse foi: ‘Oh, a Disney vai devorar todos vocês’. Lembro muito bem, o que é muito doido para mim, porque esse não foi o primeiro trabalho que eu consegui antes do Disney Channel, mas também, você sabe, eu tenho um pouco de história com a Disney!”


Fonte: Collider
Tradução & Adaptação: Equipe Naomi Scott Brasil